Guilherme Prado

Guilherme Prado é pré-candidato a Prefeito do PSOL para a prefeitura de Santos/SP

Guilherme Prado e Eneida Koury são os pré-candidatos do PSOL na cidade de Santos em 2020

[Conheça Guilherme Prado]

Conheça Guilherme Prado

Guilherme Prado, nascido no Marapé, formado pela escola pública e pelo PROUNI em Relações Internacionais pela Unisantos. Já antes de tornar-se Mestre em Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal do ABC (UFABC), percebia que os diplomas não eram o bastante se não fossem aplicados para mudar a realidade. Sempre procurando ligar teoria à prática, tornou-se militante por uma Política Econômica da Maioria (POEMA), após construir o movimento Auditoria Cidadã da Dívida.

 

Ao entender que estamos em uma sociedade onde há oprimidos e opressores, explorados e exploradores, buscou engajar-se ainda mais na luta política. Já que só a luta muda a vida, era preciso estar no partido que mais luta no Congresso, nas ruas e nos movimentos sociais- em nome daqueles excluídos por sua forma de amar, por serem quem são, ou por nada terem além da esperança de dias melhores.

 

Mas era também necessário criar na prática a economia que precisa nascer, para superar essa que não nos serve, fundou coletivamente o Livres - Rede de Produção e Consumo Consciente na Baixada Santista. Esse projeto de agroecologia e Economia Solidária liga toda uma cadeia cooperativa da semente à mesa, mostrando que a cooperação entre trabalhadores e trabalhadoras pode ser uma alternativa à retirada de direitos e destruição sócio-econômica que tem sido imposta no Brasil, e sentida dolorosamente nas cidades.


Guilherme Prado, junto do PSOL, carregará nessas eleições as bandeiras e anseios "Por Uma Santos da Maioria". Teremos quatro princípios principais em nosso programa de radical tansformação social: 1) o conceito de governo aberto e transparente, 2) o combate às opressões e desigualdades, 3) a socialização dos recursos - colocando as periferias no centro dos investimentos públicos, e, por último mas não menos importante, 4) a socialização dos meios de governar - através de um governo de democracia popular intensa!


Uma cidade da democracia sem fim. É só o começo. Assim será a nossa Santos da Maioria, uma cidade onde as maiorias sociais se tornarão maiorias políticas!

[Guilherme Prado]
x